Blog

Laser CO2 fracionado e suas múltiplas indicações

Laser CO2 fracionado e suas múltiplas indicações

28/07/2017

O laser CO2 fracionado é indicado para rejuvenescer a pele e tratar cicatrizes, estrias e flacidez. No entanto, antes de se beneficiar com o procedimento, é preciso consultar um dermatologista para saber se a técnica é realmente indicada.

Esse, aliás, é um ponto muito importante: o laser CO2 fracionado só deve ser aplicado por um médico especialista em dermatologia. Caso contrário, existe o risco de complicações como queimaduras, infecção bacteriana, herpes, manchas e cicatrizes.

Como é feito o tratamento com laser CO2 fracionado

O profissional deve orientar a paciente sobre como preparar a pele um mês antes de o laser CO2 fracionado ser aplicado. É preciso ter o cuidado de usar filtro solar quando houver exposição ao sol, clareadores e ácido para uniformizar a pele. Também é necessário tomar medicação para herpes um dia antes da realização do procedimento, para evitar que a doença surja após o tratamento.

É importante que a paciente cumpra todas as etapas da preparação, para evitar complicações. No dia do procedimento, primeiramente, são removidas as células mais superficiais da pele por meio de um peeling de diamante. Em seguida, é aplicado um anestésico tópico e o paciente aguarda cerca de uma hora para iniciar o procedimento com o laser CO2 fracionado.

Esse processo pode ser feito em qualquer parte do corpo, especialmente, no rosto, para promover o rejuvenescimento da pele e eliminar manchas e rugas finas. Dependendo da necessidade, o laser pode ser usado em conjunto com a luz intensa pulsada.

A pele é higienizada ao fim do procedimento e, por último, é aplicada uma luz de led infravermelha sobre a área tratada para acalmá-la. A luz de led tem efeito anti-inflamatório imediato.

O dermatologista ainda aplica um medicamento tópico para impedir inflamações na pele, um cicatrizante e uma máscara de ácido retinoico. A máscara deve ser removida pela própria paciente, em casa, após seis horas. Depois de lavar o rosto, é preciso usar um creme hidratante e cicatrizante e, mais uma vez, o anti-inflamatório.

É necessário cuidar muito bem da pele em recuperação para prevenir manchas. O uso de filtro solar e hidratante deve se tornar um hábito diário. A falta de atenção a isso pode comprometer o resultado do procedimento.

Em geral, uma sessão de laser CO2 fracionado é suficiente para tratar problemas na pele desencadeados pelo envelhecimento. Quando mais de uma aplicação for necessária, o intervalo entre elas deve ser de, no mínimo, um mês.